19 plantas para cultivar em apartamento

Plantas para cultivar em apartamento

Viver em apartamento não significa abrir mão da jardinagem. Existem diversos tipo de plantas que exigem menos trabalho no cultivo e ainda trazem a natureza para dentro do seu lar. Além disso, as plantas são uma forte tendência de decoração nos cômodos. Selecionamos 19 delas para você cultivar e dar charme ao seu apartamento, confira:

 

Mini Cacto

mini cacto

 

Essa plantinha charmosa tem se tornado muito popular. Ela não precisa de muito sol ou água e tem um preço bem em conta. Apenas quando a terra estiver seca, regue para umedecê-la com uma ou duas colheres de água. Tome cuidado com os espinhos e mantenha o vaso fora do alcance de crianças, você pode colocar sobre uma prateleira.

 

Lírio da Paz

lírio da paz

 

Não exponha-a diretamente à luz do sol, pois suas folhas podem queimar, coloque-a em um ambiente com sombra. O solo deve se manter úmido com uma média de três irrigações por semana. Por ser uma planta tóxica, mantenha-a fora do alcance de animais e crianças.

 

Begônia

Begonia

A Begônia é uma planta com cores bem vivas, trazendo cor à decoração. Exige pouca luminosidade e deve ser regada de duas a três vezes por semana.

 

Lança de São Jorge

lança de são jorge

 

A Lança de São Jorge tem esse nome pelas sua folhagens pontudas e compridas. Além da aparência da foto, ela também pode ser trançada, com as folhas enroladas entre si. Ela dura de um a três anos e não deve ser exposta diretamente à luz solar, sendo regada uma vez por semana.

 

Pau d’água

pau d'água

 

Também conhecida como Coqueiro de Vênus, a planta precisa de uma irrigação mais regular, de duas a três vezes por semana. Não há necessidade de expô-la diretamente a luz do sol, e uma dica para deixá-la mais saudável e pulverizar água nas suas folhas. Essa é uma planta mais rústica e de tamanho maior que as outras.

 

Camedórea-elegante

Chamaedorea elegans

 

Plante em um vaso charmoso e coloque-a em um cantinho da sala! Essa planta precisa de até quatro irrigações semanais e não deve ser exposta diretamente à luz do sol.

 

Pleomele

 

pleomele1

 

Essa é uma planta tropical e deve ser regada regularmente, mantendo-se úmida. Também não deve ser exposta diretamente ao sol, mas você pode colocá-la à sombra na varanda. Suas folhas com alguns tons de verde trazem mais vida ao ambiente!

 

Azaleia

azaleia

 

Já a Azaleia exige incidência direta do sol. A irrigação deve ser feita a cada dois dias e você também pode plantar num vaso e colocá-la na varanda. Suas flores podem ter diversas cores, colorindo o cômodo/ambiente que é colocada.

 

Jade

jade

 

A semelhança com uma mini árvore dá charme ao ambiente. É recomendado que pelo menos uma vez ao dia ela receba luz direta do sol e irrigação uma vez na semana, sem deixar o solo muito úmido. Seu crescimento é lento e as folhas tem um tom de verde azulado.

 

Rosa de Pedra

rosa da pedra

 

Outra planta muito charmosa que lembra uma flor é a Rosa da Pedra. Regue a cada duas semanas, sem direcionar a água para as folhas, apenas para a terra. Ela não necessita de muito sol. Você pode colocá-la na sala, escritório, varanda e até na cozinha.

 

Violeta

violeta

 

A planta precisa de água de duas a três vezes por semana, e deve ser exposta indiretamente ao sol. Com suas cores vibrantes pode enfeitar mesas, parapeitos e janelas.

 

Zamioculca

zamioculca

 

Deve ser regada uma vez por semana e ficar longe da luz direta do sol, que prejudica seu crescimento. Cuidado: a ingestão da planta é venenosa! Mantenha fora do alcance de crianças e animais de estimação.

 

Antúrio

antúrio

 

Perfeita para lugares pouco iluminados, mas não escuros. Deve ser irrigada de três a quatro vezes na semana. Suas cores se destacam no ambiente e são perfeitas para plantar em vaso.

 

Palmeira-ráfia

palmeira-rafia

 

Essa é uma planta de crescimento lento, mas que ocupa mais espaço. Lembra um pouco o bambu pelos caules finos e longos. Você pode colocá-la na sala de estar à meia sombra, regando semanalmente.

 

Palmeira-leque

palmeira-leque

 

Também é uma planta que exige mais espaço. Suas folhas, em formato de leque, são grandes e chamativas. Deve ser regada de três a quatro vezes por semana para manter a umidade da terra, e o cômodo deve receber luz solar indiretamente. Para deixá-la mais saudável, você também pode borrifar água nas folhas.

 

Palmeira-areca

palmeira-areca

 

Deve ser colocada à meia sombra ou exposta ao sol e irrigada regularmente. Não é ideal para lugares mais frios. Se já estiver grande, você pode colocá-la num vaso grande no chão, ou, quando pequena, em cima de um móvel.

 

Pacová

pacová

 

A planta tropical, também conhecida como babosa-de-pau (e não babosa), tem folhas muito brilhantes. A terra deve estar sempre úmida, por isso regue regularmente. Você pode colocá-la em um vaso na sala de estar, sempre à meia sombra.

 

Filodendro

filodendro

 

Suas charmosas folhas em formato de coração devem ser mantidas em um ambiente claro, mas sem incidência direta da luz do sol. Observe sua umidade e regue sempre que estiver seca.

 

Bambu da sorte

bambu da sorte

 

Mantenha-o longe da luz solar e muito úmido. Combina perfeitamente com um cantinho no banheiro ou na sala.

 

Já escolheu sua favorita? São diversos tipos e tamanhos que podem decorar o seu lar e trazer mais vida aos ambientes. Caso você queira cultivá-las desde o início, você pode comprar as mudas e sementes e participar de todo o processo de crescimento. Mas se prefere comprá-las prontas para decorar o cômodo, você também encontra as plantas crescidas para venda.

As plantas podem ser um objeto de decoração tanto nos cômodos internos quanto nas varandas do apartamento. Quer saber mais dicas de como decorar a sua varanda? Baixe nosso infográfico gratuito! Nele contamos algumas formas criativas de como deixar sua varanda mais funcional e charmosa. Clique na imagem abaixo para acessar o material:

Decore sua varanda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *