Diferença entre piso vinílico, porcelanato e laminado

Prancheta 1

Qual a diferença entre piso vinílico, porcelanato e laminado?  

Sabe aquelas propagandas de reformas que aparecem na televisão? As pessoas sempre estão desesperadas e chorando porque não souberam escolher o material certo para a sua obra, mas nem sempre precisa ser assim.

Na hora de escolher os detalhes de acabamento, pesquisar é sempre melhor do que se deixar levar pela emoção de encontrar aquele produto com super desconto na loja de materiais para construção.

A escolha deve ser feita com calma e cautela. É importante planejar e considerar todos os detalhes do ambiente, afinal, o resultado ficará visível a todos diariamente.

Por isso selecionamos informações importantes que vão ajudar você a entender melhor a diferença entre os pisos vinílico, laminado e o porcelanato.

 

Piso Porcelanato 

O porcelanato é o mais valorizado pela maioria, mas é preciso entender bem na hora de escolher pra não se frustrar com o resultado depois. Existem vários tipos e formatos que são separados em polido e acetinado. 

O porcelanato polido é mais brilhoso e permite que o ambiente se torne elegante e chique. É importante cuidar com a iluminação e o excesso dela, já que é um piso que reflete muito e pode tornar o ambiente pouco aconchegante com tantas luzes refletidas. 

Já o porcelanato acetinado tem uma aparência fosca, podendo ser melhor para ambientes integrados como sala e cozinha. Como existem muitas padronagens, é importante escolher o que mais se adapta ao estilo da decoração. 

Os porcelanatos de maneira geral possuem restrições com produtos de limpeza, para limpar é necessário apenas água e detergente neutro. Atente-se à qualidade do piso, pois é um piso poroso e pode ser facilmente manchado.

Na hora de comprar você também deve atentar para a resistência à abrasão, mais conhecido pela sigla PEI. Esse índice é separado por notas de 1 a 5. Para banheiros é aconselhável PEI 2. Já a PEI 3 pode ser para os quartos. Para a cozinha e corredor, onde a circulação é maior, aconselha-se utilizar PEI 4. 

O índice de absorção e coeficiente de atrito, são outras características a observar nas embalagens dos porcelanatos. Quanto maior o coeficiente, melhor será o uso em áreas molhadas, como por exemplo no chuveiro.

 

Piso Vinílico

O piso vinílico possui características específicas originadas de uma composição plástica. As placas são produzidas em PVC, minerais e outros compostos, e possuem muitas padronagens. As mais utilizadas são as com aparência de madeira. É muito importante escolher uma marca que respeite os quesitos ambientais, e que não possuam substâncias tóxicas.

Normalmente a instalação é feita com cola, mas já existem marcas que possuem um sistema de encaixe que é o suficiente para um ótimo acabamento. Além do formato régua, esse piso pode ser encontrado em forma de manta ou placas quadradas. Porém, ambos precisam de um nivelamento do chão para que a instalação seja bem feita.

Além de resistente e difícil de riscar, ele oferece conforto térmico, boa acústica e limpeza prática.

Pisos porcelanato do apartamento modelo do Campinas Club Residence - O piso da sacada é texturizado e imita a madeira

Pisos porcelanato do apartamento modelo do Campinas Club Residence – O piso da sacada é texturizado e imita a madeira

 

Piso Laminado

No piso laminado cada régua é composta por madeira natural. Por ser composta de um material orgânico, deve ser instalado em locais de pouca umidade, e a atenção com limpeza deve ser redobrada, feita com produtos especializados para madeira. 

Os ambientes ficam mais aconchegantes com piso laminado, e possuem várias padronagens e cores para poder combinar melhor com a decoração. Sua acústica é um pouco inferior, se comparado com o vinílico. Para diminuir o ruído, é necessário a instalação de uma manta acústica. 

Para facilitar,  você pode comparar as características mais importantes para você de cada piso, olhando na tabela abaixo:

 

Tabela

 

Para qualquer imóvel, o toque final do acabamento é o que garante a elegância e qualidade. Por isso invista tempo para pesquisar o melhor.

 

O ideal é entender quais as principais características do ambiente e como ele funcionará, para escolher qual piso de adequa melhor. É importante escolher bem para não se preocupar em fazer futuras reformas. No Campinas Club Residence, por exemplo, utilizamos piso porcelanato nas áreas comuns dos apartamentos (cozinha, sala, sacada, banheiros e corredor) e pisos vinílicos nos dormitórios.

Alta_Modelo_Campinas-18

Demi-suíte do apartamento modelo do Campinas Club Residence

Alta_Modelo_Campinas-47

Detalhe do piso vinílico dos dormitórios do apartamento modelo do Campinas Club Residence

 

Para conhecer todos os detalhes do Campinas Club Residence, sem compromisso, é só clicar abaixo:

 

 

CCR-2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *