Criando uma Composteira – leve uma vida sustentável e recicle o seu lixo

Composteira

Este artigo é para você que pretende fazer a sua parte em prol do nosso ecossistema, mas não sabe por onde começar. Vamos dar algumas dicas para auxiliá-lo nesta caminhada criando uma bela composteira caseira utilizando seus restos orgânicos e diminuindo a quantidade de lixos no mundo.
Nada melhor do que levar uma vida sustentável em que é possível cuidar bem da saúde e ainda colaborar com o meio ambiente que será utilizado por todos e necessário para as próximas gerações.
Não deixe de acompanhar até o fim e anote tudo que achar pertinente.

 

O que é uma composteira?

Você já pensou em transformar os resíduos, produzir adubo para fertilizar o solo e construir uma linda horta em seu apartamento? Pode parecer uma tarefa complicada, mas não é e vamos explicar como isto pode ser feito através da compostagem. Mas, antes de tudo, você sabe o que é uma composteira?

Como fazer uma composteira
Quando falamos em composteira fazemos referência ao local em que as pessoas colocam lixo orgânico. Ela pode ser feita de diversas maneiras: numa caixa, num tonel ou num buraco no chão.

As opções são muitas, mas o bom resultado é comum: reciclar lixo orgânico e colaborar com o meio ambiente.

A serventia da composteira é definida basicamente em economizar na compra de adubo. Você transforma seu lixo orgânico: restos de comidas, cascas de frutas e verduras em adubo para a horta, o que traz uma enorme economia e favorece a prática da sustentabilidade.

Agora que você já sabe o que é e para o que serve a composteira, vamos mostrar como criar sua própria composteira caseira no sentido de incentivar a reciclagem e os cuidados com o meio ambiente.

 

Criando uma composteira em três passos

Trouxemos algumas dicas para que você possa criar uma composteira caseira sem gastar muito. Já que estamos falando em sustentabilidade não poderíamos fugir do baixo custo que oferece bons resultados. Vamos às dicas:


1. Criando a estrutura

Comece forrando internamente um engradado de pvc (você pode conseguir um destes em mercados e peixarias) com uma camada espessa de jornal bem úmido, algo entre 6 ou 8 folhas.

Como fazer uma composteira
Feito isto, acomode as folhas de jornal e faça furos no fundo. Preencha completamente o fundo do recipiente com composto já pronto e minhocas.
Em seguida faça uma camada de mais ou menos 10 cm de espessura.
Nos supermercados e em floriculturas encontramos um produto genericamente chamado de húmus de minhoca. Um húmus de qualidade carregará sempre alguns ovos e filhotes de minhocas que sobrevivem ao peneiramento e à embalagem. Escolha no seu lixo orgânico algumas porções de cascas de frutas ou folhas de verduras, nada em excesso por enquanto.

Enterre este material no composto. Isto vai servir para avaliar a quantidade de minhocas existentes, já que elas serão atraídas pela comida (lixo orgânico).
Cubra tudo com mais uma camada de jornal úmido. O jornal tem que estar sempre úmido, caso contrario roubará água do material que esta sendo compostado, desta forma não ficará pronto em poucas em pouco tempo.
Providencie uma tampa para o seu composto. Isto evitará a proliferação de moscas e baratas.

 

2. Observe o que acontece

Observe por alguns dias quanto tempo as pequenas minhocas levam para comer uma determinada quantidade de lixo orgânico. Assim você descobrirá a capacidade de reciclagem da sua composteira.

Como fazer uma composteira

À medida que as minhocas vão crescendo e se reproduzindo o consumo de resíduo orgânico vai aumentando. Uma minhoca vermelha do composto (Eisenia foetida) é capaz de comer seu próprio peso em um único dia.
Além disso, com apenas três meses elas já estão se reproduzindo, podendo depositar um casulo por semana.

Cada casulo desses pode gerar de quatro a doze pequenas minhocas que já nascem prontas para comer muito pelo resto da vida. Uma composteira doméstica pode ser considerada eficiente quando os resíduos orgânicos somem totalmente em menos de duas semanas. Outra técnica muito usada por jardineiros experientes para avaliar um composto é a quantidade de ruídos que este pode produzir. Quanto mais ruídos você ouvir mais eficaz será sua composteira.
A propósito, procure usar suportes para sua composteira, dê preferência por recipientes que possam acumular o chorume. Felizmente ela dispensa a presença do sol, deixe-o para sua futura horta que trará bons frutos.

 

3. O que fazer quando a composteira estiver cheia

Como você já deve ter imaginado, chegará um dia em que o engradado estará cheio e algo precisará ser feito. O que fazer?
Uma maneira de contornar este problema é simplesmente forrar as laterais de um novo engradado e empilhar sobre o primeiro. Desta forma dará continuidade ao processo, bastando colocar uma porção do composto cheio de minhocas no fundo do segundo engradado. É como se estivesse criando uma nova sede da empresa de adubo.

Como fazer uma composteira

Desta forma as minhocas continuarão trabalhando no sentido vertical e em algumas semanas a sua primeira caixa estará completamente reciclada, o que resultará aproximadamente 25 Kg de adubo orgânico de boa qualidade e por consequência em uma incrível horta caseira. Que tal?

Depois que tudo estiver pronto é só escolher o local onde fará sua horta, adubar e plantar. Assim você terá uma diversidade de produtos extremamente saudáveis que farão a diferença na sua saúde.
Compartilhe estas dicas com seus amigos e conhecidos. Vamos ajudar a construir um mundo mais sustentável.

banner-final-sustentabilidade

1 Comentário

  1. Pedro disse:

    Parabéns pela matéria, temos que conscientizar mais as pessoas a fazerem a reciclagem do seu lixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *