Indicadores Financeiros que impactam no valor de um imóvel

valor do imóvel

Quando assistimos ao jornal é comum sabermos como a bolsa de valores fechou naquele dia ou qual é a cotação do dólar. Esses índices são importantes, pois mostram como a economia do país está andando. Mas, você sabia que no caso da compra de imóveis também existem índices financeiros que podem ser acompanhados?

Analisar esses índices financeiros irá te mostrar a hora certa de fazer a sua compra, por isso, vamos compartilhar com você alguns dos principais índices e mostrar como eles impactam na valorização do seu imóvel.

Os três índices que nós vamos comentar agora você pode acompanhar em nosso site, através desse link: Acompanhamento dos Indicadores Financeiros.

 

CUB

CUB

O Custo Unitário Básico da Construção Civil (CUB) traz informações importantes sobre o custo da construção civil em diferentes regiões. Ele é calculado mensalmente pelos Sindicatos da Indústria da Construção Civil de todo o país e determina o custo total da obra, por isso, o preço do imóvel para o seu comprador pode ser alterado conforme a variação desse índice.

Para chegar ao Custo Unitário Básico da Construção Civil, são levadas em consideração o valor da mão de obra e a qualidade do acabamento, por exemplo.

Outro ponto importante para se destacar é que não existe um CUB nacional, esse é um índice calculado por estado.

 

IGP-M

Já o IGP-M, Índice Geral de Preços do Mercado, é calculado pela FGV (Fundação Getúlio Vargas) e é bem conhecido entre as pessoas que locam imóveis. Porém, esse índice também impacta na compra de um imóvel novo.

Se você ficar em dúvida sobre o impacto desse índice ou de qualquer outro na hora de comprar o seu imóvel, vale a pena conversar com o seu corretor ou até mesmo contratar um advogado de confiança para que você assine o contrato com mais segurança.

 

INPC

INPC é o Índice Nacional de Preços ao Consumidor e o seu objetivo é acompanhar a variação dos preços em diferentes áreas, inclusive na construção civil.

Esses dados são coletados pelo IBGE desde 1979 e possuem 9 categorias diferentes, são elas: alimentação e bebidas, artigos de residência, comunicação, despesas pessoais, educação, habitação, saúde e cuidados pessoais, transportes e vestuários.

Se você está procurando um imóvel para comprar, o que acha de conhecer as opções que a AMC oferece?

Corretores AMC Construtora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *