Soluções criativas para um apartamento sustentável

Post 1_POST1a

Tem sido cada vez mais comum ouvir a palavra sustentabilidade e deparar-se com ações ligadas a ela. A preocupação sobre o que esperar do amanhã e a dúvida em relação à disponibilidade de recursos naturais vem despertando a consciência de pessoas, cidades e empresas para a necessidade de aplicar atitudes sustentáveis.

Embora muitos acreditem que ações individuais não sejam suficientes para gerar impactos positivos ao planeta, o fato é que a junção de várias pessoas aplicando ações individuais gera um resultado grandioso a favor das próximas gerações.

Para você que mora em apartamento (ou tem familiares, amigos, conhecidos que moram) é tempo de aplicar soluções criativas para deixar o espaço mais sustentável, gerar economia no fim do mês e, ainda, aumentar a qualidade de vida.

Confira as diversas inspirações simples que separamos, e que não demandam investimento alto.

 

Crie sua própria hortinha e jardim

Se você leu este tópico e pensou: ‘não tem como, pois eu moro em apartamento’, vamos desmistificar esta ideia. Não é preciso pensar em um jardim ou uma horta típica de quem mora em casa e possui um farto quintal. Hoje em dia há uma série de dicas para cultivo em painéis verticais ou, então, em pequenos vasos.

Entre os benefícios do cultivo está a melhora da qualidade do ar, a manutenção da temperatura do ambiente e, no caso da horta, a possibilidade de ter em casa vegetais frescos e orgânicos.

 

Sugestões para cultivar em apartamento

Tempero: hortelã, manjericão, salsa, tomate cereja, alface, pimenteira e cebolinha.
Ervas (para um delicioso chá): erva-doce e camomila.
Flores: Pleomele, Violeta e Lança de São Jorge.

 

Organize e separe o lixo reciclável de forma correta

Post 1-05

É muito provável que no seu condomínio exista a coleta seletiva de lixo. Você já avaliou quais são as diretrizes para separação de resíduos? Sabe se é preciso lavar (ou não) as embalagens recicláveis antes da separação? Pois esta prática varia de uma cidade para outra.

Outra questão: sabia que papel toalha e papeis plastificados não são recicláveis? É preciso estar atento aos materiais que serão direcionados ao lixo reciclável.

Depois de ficar por dentro destas informações, as quais geralmente constam no site de cada prefeitura, aproveite para escolher lixeiras que combinem com os cômodos da sua casa. Se preferir, centralize o lixo reciclável em um dos locais comuns de maior circulação, como a cozinha ou a área de serviço.

Não se esqueça de orientar todos que moram no ap sobre as boas práticas de reciclagem!

 

Vai pintar ou decorar os cômodos? Prefira materiais “verdes”

Post 1-07

A dúvida sobre qual cor escolher costuma permear por alguns dias, mas uma certeza pode estar presente desde o início: a preferência por matérias-primas naturais. É possível encontrar facilmente no mercado tintas e outros químicos para acabamentos que têm em sua lista ingredientes naturais, que não são derivados de petróleo.

Se as cortinas e capas de almofadas estão prestes a ser trocadas, opte agora por tecidos naturais e que agridam menos o meio ambiente, como algodão, linho e seda.

 

Economizar água pode ser ainda mais fácil

Post 1-08

No verão, os noticiários costumam abordar com frequência problemas de falta de água. É preciso estar atento a ações diárias, como reduzir o tempo no banho, lavar o máximo possível de peças na máquina de lavar e fechar a torneira enquanto está escovando os dentes.

Mas, vale também investir em equipamentos que conseguem regular o consumo, como instalar torneiras com sensor de presença em pias de banheiros e cozinhas, e vasos sanitários que possuem duplo acionamento (uma opção que libera mais água e outra menos). Inclusive, esta estratégia é excelente também para o bolso.

 

Mãos à obra!

Gostou destas dicas? Além de colocá-las em prática, compartilhe estas informações com seus familiares e amigos. E, se você está pensando em se mudar para um espaço que leva em seu conceito a sustentabilidade, converse com um de nossos corretores e conheça os imóveis da AMC.  

Post-1-10

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *